Amora FC – Comunicado 22/11/2017

O Amora Futebol Clube vem por este meio e na sequência dos incidentes ocorridos no passado dia 12 de Novembro, nomeadamente no jogo que opôs o Amora Futebol Clube frente ao Vasco da Gama Atlético Clube, prestar os seguintes esclarecimentos:

1. O Amora Futebol Clube em momento algum compactua com comportamentos inadequados ou que visem a ofensa gratuita a outros agentes desportivos, não se revendo em qualquer tipo de comportamento que não seja o adequado para um recinto desportivo.

2. O Amora Futebol Clube não tem na sua estrutura qualquer elemento que promova qualquer tipo de ato ilícito, sendo que todos os elementos presentes no Recinto Desportivo e a colaborar com o espetáculo estão devidamente acreditados para o efeito, segundo os procedimentos regulamentares que concedem a autonomia ao clube visitado de emitir as suas próprias acreditações.

3. O Amora Futebol Clube repudia as afirmações proferidas por outros agentes desportivos sem ligação à nossa instituição que indicam a presença de segurança privada na respetiva organização do espetáculo, informando que a respetiva segurança do mesmo é efetuada exclusivamente pela Policia de Segurança Pública e Assistentes de Recinto Desportivo, quando necessário.

4. O Amora Futebol Clube reafirma, conforme provado perante a Policia de Segurança Pública no passado Domingo, que o principal visado por parte de outros agentes desportivos sem ligação à nossa instituição, o Sr. Nuno Maia, é diretor da nossa instituição, tendo inclusive feito prova ao facultar o respetivo Cartão emitido pela Associação de Futebol de Setúbal.

5. O Amora Futebol Clube repudia qualquer tentativa de coação junto da respetiva estrutura diretiva e demais elementos que colaboram com a organização de jogo.

6. O Amora Futebol Clube, reserva-se ao direito e sempre que se sinta lesado, de expor as respetivas situações de uma forma cordial e num espírito de diálogo construtivo junto das entidades competentes para o efeito.

7. O Amora Futebol Clube repudia qualquer ato de violência junto de quaisquer agentes desportivos, sendo prova disso a ausência deste tipo de comportamentos ao longo dos últimos anos e infelizmente interrompidos no passado Domingo.

8. O Amora Futebol Clube é uma instituição de utilidade pública fundada em 1 de Maio de 1921, sendo membro honorário da Associação de Futebol de Setúbal e reconhecido com a medalha de mérito desportivo e medalha de bons serviços da Câmara Municipal do Seixal.

9. O Amora Futebol Clube é um histórico Português com presenças na I Divisão Nacional (80/81, 81/82 e 82/83) e na Liga de Honra (92/93 e 94/95) , tendo inclusive no seu palmarés 2 títulos de Campeão Nacional da II Divisão e 1 titulo de Campeão Nacional da III Divisão.

10. O Amora Futebol Clube mantêm uma cordial relação com todas as Instituições, tendo o principio de bem receber e o brio de fazer cumprir toda a regulamentação existente para proporcionar a todos os intervenientes as condições necessárias para a realização de um espetáculo no seu recinto desportivo.

11. O Amora Futebol Clube tem na sua atual estrutura diretiva, pessoas reconhecidas pelas suas capacidades pessoais e profissionais, algumas com experiência em Campeonatos Profissionais.

Face ao exposto, o Amora Futebol Clube irá recorrer ás entidades competentes por forma a ver punidos todos os atos que lesaram a nossa reputada instituição, assim como defender de forma intransigente todos os elementos que foram alvo de acusações infundadas.

Por forma a garantir a total serenidade às autoridades e para evitar que possamos de alguma forma contribuir para um clima de desestabilização, remetemo-nos ao direito de não voltar a abordar este assunto publicamente.

 

Viva o Amora Futebol Clube!

Luís Miguel Gonçalves

Director Comunicação – Amora FC

Deixar Resposta