Amora FC 5 – 0 Beira-Mar AC Almada (Seniores) – Amora FC taco-a-taco com FC Barreirense após exibição de mão cheia!

O Amora Futebol Clube recebeu ontem o Beira-Mar Atlético Clube de Almada em mais uma jornada (8ª) da 1ª Divisão da A.F. Setúbal.

Apesar do resultado, o jogo até começou bastante dividido. No primeiro quarto de hora, o Beira-Mar de Almada raramente deixou o Amora chegar perto da sua baliza e nenhuma das equipas teve muito mais bola do que a outra. Só aos 13′ minutos se registou a primeira oportunidade de golo do encontro. Livre de Edson em posição frontal à baliza e bola em cheio no poste.

Só a partir dos 20′ minutos o Amora conseguiu aproximar-se mais vezes da baliza do Beira-Mar com algum perigo. Aos 21′ minutos, Bruninho cabeceou com perigo mas falhou o alvo e aos 30′ minutos Rafa respondeu da melhor forma a um livre batido por França, ao defender a bola por cima da barra. Logo de seguida surge o primeiro golo do jogo: cruzamento de Pedro Pereira para o segundo poste, a encontrar a cabeça de Rúben Nunes que aproveitou a defesa incompleta de Rafa para oferecer de bandeja o golo a Hugo Graça.

Na reposição, rápida recuperação de bola por parte de Hugo Graça e, após uma excelente combinação entre Bruninho e Joca, o último envia nova bola ao poste. Aos 42′ minutos o primeiro e único lance de grande perigo para o Beira-Mar, com o seu avançado a falhar o chapéu a Madureira, completamente isolado. Ainda antes do intervalo (44′), destaque para nova tentativa de Edson, desta feita à malha lateral.

Chegado o intervalo, o Amora ia dando mostras de controlar o jogo, pese embora os homens de Almada se mostrassem tudo menos conformados com o resultado. E tanto assim era que o seu técnico, Lívio Semedo, operou três alterações no onze ao intervalo. Esperava-se uma segunda parte repleta de emoção.

E assim foi. Na segunda parte, o Amora entrou mais decidido a vencer e, acima de tudo, muito mais eficaz. Aos 56′ minutos, França a marcar de penalti após mão na bola dentro da área. Após dois minutos, lance no mínimo caricato e raramente visto no futebol. Grande penalidade assinalada a favor do Amora num lance algo discutível e, após boa cobrança de Joca, o juiz da partida a anular o lance e a amarelar o jogador do Amora por considerar que este operou a ‘paradinha’.

Não foi Joca mas acabou por ser Lacão a chegar ao terceiro do Amora: excelente combinação entre Hugo Graça e Joca, com o primeiro a cruzar e a encontrar a cabeça de Lacão já na pequena área, para coroar uma boa exibição do extremo do Amora. A nossa equipa dominava o encontro e acabou por chegar ao 4-0 num golo de belo efeito de Pedro Pereira, após recuperar uma bola perdida no interior da área do Beira-Mar e retirar um adversário do caminho. O jogo aproximava-se do fim mas houve ainda tempo para mais uma salva de palmas na Medideira: Pedro Pereira a colocar a bola novamente no segundo poste e novamente Rúben Nunes a oferecer o golo, desta feita a Hugo Rosa, que contabilizava apenas quinze minutos em campo.

Após esta vitória, o Amora mantém-se taco-a-taco com Barreirense na liderança, que também venceu na recepção ao Alfarim. Amora FC e FC Barreirense aumentaram assim distância para os seus rivais, com FC Setúbal a perder em casa com o Almada AC pela margem mínima e o GD Fabril a empatar (também na sua casa) com o CR O Grandolense a uma bola.

No próximo domingo, 3 de Dezembro, Amora Futebol Clube e Futebol Clube Barreirense protagonizarão dérbi no Campo da Verderena pelas 15h, onde se cumprirá a 9ª jornada da 1ª Divisão da A.F. Setúbal.

 

Viva o Amora Futebol Clube!

A Direcção de Comunicação – Amora FC

Deixar Resposta