shopping-bag 0
Itens : 0
Subtotal : 0.00
Ver Carrinho Finalizar

Vasco da Gama AC 0 – 0 Amora FC (Seniores) – Amora não vai alem do empate em Sines…

O Amora Futebol Clube deslocou-se ontem ao Estádio Municipal de Sines para disputar a 21ª jornada da 1ª divisão da A.F. Setúbal., onde não foi alem de um empate.

Sem dúvida que se tratava de uma deslocação difícil num campo onde o Amora ainda não tinha vencido na presente época e assim se manteve perante o Vasco da Gama que desde cedo demonstrou ao que ia…

O aquecimento iniciou mais cedo para os jogadores do Amora, uma vez que ficámos impedidos de colocar o autocarro que transportava a nossa equipa no interior das instalações do Vasco da Gama, afirmando os responsáveis pelo clube que se tratava claramente de uma medida de retaliação! Afinal não se trata de futebol mas sim de uma guerra!

O jogo dava inicio numa tarde cinzenta e algo ventosa em Sines e de registar uma fantástica moldura humana afecta ao nosso Amora para apoiar incondicionalmente o líder do campeonato!

O Amora entrava determinado em conquistar os três pontos e isso notava-se claramente na atitude da equipa com uma posse de bola bastante superior à da equipa da casa, desfalcada pelas expulsões de que foram alvo no jogo anterior frente ao União Sport Club para a Taça A.F.S. “Joaquim José Sousa Marques”.

O primeiro lance de perigo aconteceu pelos 10′ minutos quando Edson num canto curto, passa a bola para Adérito que já dentro da grande área faz o cruzamento para a cabeça de Bruninho que acaba por atrasar para Peter que desvia para a entrada da área onde surge França com um remate forte mas sem atingir a baliza defendida por Rubinho!

A chuva já começava a cair com maior intensidade quando aos 15′ minutos Edson na cobrança de um livre obtido por falta sobre Adérito, vai rematar com perigo mas a defensiva do Vasco a conseguir aliviar.

Só dava Amora e Elson parecia “abandonado” pela sua equipa no meio campo do Amora! O Amora insistia em ataques rápidos e aos 19′ minutos e por intermédio de Lacão que recebe a bola após um fantástico passe de Peter, cruza para Edson que volta a rematar ao lado!

Atingíamos a meia hora de jogo e do Vasco apenas sinal de Márcio Madeira que tentava conquistar as suas faltas à entrada do meio campo adversário.

Aproximava-se o fim da primeira parte e pese o domínio do Amora sobre um Vasco da Gama defensivo, a verdade é que o Amora demonstrava falta de eficácia que fazia adivinhar o nulo no marcador ao intervalo.

Golos? Nem vê-los… mas chegava o intervalo e com ele trazia a imensa chuva que se abatia em Sines e que levava a que os adeptos de ambas as equipas procurassem abrigo, uma vez que o Estádio Municipal de Sines não possui qualquer cobertura em ambas as bancadas centrais.

Infelizmente e derivado ao exposto acima, não acompanhámos o inicio da segunda parte mas voltámos a tempo de ver mais um lance de ataque do Amora com novo remate de Edson mas com a bola a sobrevoar a baliza do Vasco.

O tempo passava e o Amora continuava instalado no meio campo adversário mas sem resultados práticos e Élio Santos vai mexer na equipa aos 67′ minutos com a saída de Tiago Lacão para a entrada de Joca que regressava após lesão.

Aos 70′ minutos eis que o Vasco da Gama num lance de contra-ataque quase que marca após alguma confusão na área do Amora e com alivio da defensiva Amorense!

O Amora procurava o golo da vitória mas continuava sem finalizar com sucesso e Élio Santos voltava a mexer na equipa com a entrada de Fabinho para a saída de Bruninho e com a entrada de Hugo Rosa para a saída de Tiago Penha, aos 75′ e 80′ minutos respectivamente.

O jogo aproximava-se do fim e Pedro Pereira ainda tentou um remate de meia distância mas acertou nas malhas laterais da baliza defendida por Rubinho.

Aos 83′ minutos, acontece o lance que poderia ter resolvido o jogo! Edson comandava novo ataque pelo corredor esquerdo e cruza para a área, encontrando a cabeça de Hugo Rosa que encostava para o fundo da baliza! Eis que Rui Chixareiro levanta prontamente a bandeirola, assinalando fora de jogo ao avançado do Amora e anulando o golo do mesmo.

Os jogadores do Amora contestam a decisão e Pedro Pereira num momento de maior “calor” acaba expulso com vermelho directo por protestos para com a equipa de arbitragem.

Até ao final do jogo, o Vasco limitou-se a defender o resultado e o Amora demonstrou sempre mais coração do que cabeça, terminando assim com o nulo com que iniciou o jogo.

No próximo Domingo, o Amora Futebol Clube defronta o Charneca de Caparica FC no Estádio da Medideira, a contar para a 22ª jornada da 1ª Divisão da AF Setúbal.

 

Viva o Amora Futebol Clube!

A Direcção de Comunicação – Amora FC

Deixar Resposta