shopping-bag 0
Itens : 0
Subtotal : 0.00
Ver Carrinho Finalizar

Amora FC 2 – 0 Charneca de Caparica FC (Seniores) – Regresso às vitórias na Medideira!

O Amora Futebol Clube recebeu ontem o Charneca de Caparica Futebol Clube, na 22ª jornada da 1ª divisão da A.F. Setúbal.

O Amora regressava ao Estádio da Medideira após as deslocações a Palmela e a Sines com dois empates obtidos no tempo regulamentar e com a vontade explicita de regressar às vitórias.

Élio Santos promovia algumas alterações no onze habitual do Amora, nomeadamente com a entrada de David Maside para substituir o castigado Pedro Pereira, expulso no anterior jogo em Sines, assim como a entrada de Hugo Rosa na frente de ataque e a saída de Bruninho e Peter para o banco de suplentes. Realce ainda para o regresso de Joca ao onze titular após lesão.

O Amora pretendia surpreender o Charneca e a verdade é que com uma entrada avassaladora, acabou por resultar num golo madrugador para a turma Amorense aos 7′ minutos! Uma recepção no meio campo do Amora por parte de David Maside que com um passe a “rasgar” descobre Tiago Lacão a entrar na grande área pela direita e que acaba por fuzilar a baliza defendida por Silveira com um belo remate cruzado.

O Amora marcava cedo e demonstrava vontade em ampliar o marcador, sendo que aos 8′ minutos é Edson que ganha a lateral e com um cruzamento ligeiramente atrasado, acaba por encontrar Joca à entrada da grande área que remata de forma convincente, acabando por ressaltar na defensiva do Charneca, saindo ao lado da baliza de Silveira que já se encontrava batido neste lance.

Efectivamente era uma entrada muito bem conseguida pelo Amora e com um domínio quase em absoluto nos primeiros 15′ a 20′ minutos, sendo que após essa altura o jogo viria a perder alguma intensidade.

O Charneca acabava por apenas aos 23′ minutos chegar com algum perigo à baliza defendida por Nuno Madureira, beneficiando de um livre directo para a área do Amora e com a defensiva Amorense a reagir de pronto com corte para canto. No seguimento do canto, Madureira a agarrar de forma segura fora de postes.

O Charneca não parecia satisfeito com a sua entrada em jogo e procedia à primeira alteração com a troca de Bruninho por Jonny aos 31′ minutos.

Acaba por ser o Charneca a ganhar algum ascendente ofensivo à passagem da meia hora de jogo através de um canto com Litos a cabecear ligeiramente por cima aos 35′ minutos e logo de seguida aos 37′ minutos com um livre directo colocado na grande área do Amora e com Litos a aparecer e encostar para dentro da baliza. O árbitro assistente Filipe Rosário levanta prontamente a bandeirola e assinala fora de jogo ao Charneca, sendo o golo anulado perante os protestos dos seus jogadores.

O Amora parecia ter perdido o fulgor que demonstrou até aos 20′ minutos e aos 39′ minutos vai consentir novo lance de perigo para o Charneca. O árbitro André Silva apitava falta cometida por Hugo Rosa e o Charneca beneficiava de um livre frontal à baliza do Amora, sendo que Jonny vai rematar ligeiramente acima da barra.

Chegávamos ao intervalo com o Amora a vencer mas a precisar convencer numa segunda parte em que pretenderia certamente resolver o jogo.

O jogo retomava com a troca de avançados no Amora, com a saída de Hugo Rosa e entrada de Bruninho.

A segunda parte iniciativa com realce para a turma Amorense que aos 53′ minutos volta a atacar de forma rápida por Tiago Lacão que é travado em falta por Gonçalo. No seguimento é Edson que cobra o livre com o corte da defensiva do Charneca que quase resulta em auto golo.

O Amora demonstrava estar perdulário mas o Charneca não conseguia afirmar o seu jogo e o tempo ia decorrendo sem alterações no marcador.

Aos 59′ minutos, David Maside recupera a bola a meio campo e num contra ataque é derrubado por Litos já dentro da grande área e André Silva aponta de imediato para a marcação de grande penalidade. O Amora tinha assim a oportunidade ampliar o marcador mas Bruninho na cobrança do mesmo, acaba por nem acertar com a baliza.

O Amora não aproveitava a oportunidade de ampliar a vantagem e perdia alguma consistência no seu meio campo, sendo que o Charneca mostrava a espaços algum “atrevimento” para tentar contrariar o favoritismo da turma Amorense.

Élio Santos voltaria a mexer na equipa com a saída de David Maside e Tiago Lacão para as entradas de Edi Tavares e Bernardo, nomeadamente aos 67′ e 69′ minutos.

O Amora acabava por ter mais posse de bola mas continuava sem conseguir ampliar o marcador e trazer outro conforto ao resultado, sendo que apenas aos 85′ minutos e após um desentendimento entre Litos e Silveira, vai permitir a Bruninho marcar o segundo golo perante uma baliza do Charneca completamente deserta!

O jogo caminhava a passos largos para o seu final sem que o Charneca conseguisse contrariar agora a ideia de que o Amora iria regressar às vitórias perante o Estádio da Medideira que apoiava incondicionalmente o seu clube.

Terminado o jogo e restava-nos concluir que o Amora regressava às vitórias com todo o mérito, ficando apenas aquém em matéria de finalização onde poderia ter construído desde cedo um resultado mais dilatado.

No próximo Domingo, o Amora Futebol Clube desloca-se a Almada para defrontar o Beira Mar Atlético Clube de Almada, a contar para a 23ª jornada da 1ª Divisão da AF Setúbal.

 

Viva o Amora Futebol Clube!

A Direcção de Comunicação – Amora FC

Deixar Resposta