shopping-bag 0
Itens : 0
Subtotal : 0.00
Ver Carrinho Finalizar

Amora FC 3 – 4 Os Belenenses SAD (Seniores) – Amora cai de pé no prolongamento após 90 minutos de loucos!

No sábado passado o Amora Futebol Clube recebeu, no Estádio da Medideira, a equipa do “Os Belenenses” SAD, em jogo a contar para a 3ª Eliminatória da Taça de Portugal “Placard”. A sorte colocou frente a frente o 1º classificado da Série D do Campeonato de Portugal e o 13º classificado da Liga NOS num jogo recheado de emoção.

Logo desde o apito inicial se começaram a ver os contornos de mais uma tarde de Taça, começando pelos 1357 adeptos fervorosos que encheram a Medideira para apoiar os seus clubes. O Amora entrou melhor no jogo, com 2 oportunidades de golo logo nos 12 minutos iniciais o que avisou a defesa visitante do que se aproximava, visto que, há passagem do minuto 14, Tiago Duque adiantou a equipa da casa após cabecear para o fundo das redes de Mica. Mas os problemas do Belenenses não ficaram por aí, uma vez que, aos 24 minutos, Ruben Fidalgo correspondeu a um livre puxado ao 2º poste, aumentando assim a vantagem da equipa da casa para 2-0.

Era um inicio terrível para a equipa de Silas que via assim a tarefa de seguir em frente na taça muito mais complicada. O golo afectou bastante a equipa visitante que nos minutos que se seguiram não foi capaz de incomodar o guarda-redes Marreiros que transmitia muita segurança à defensiva Amorense.

A 2ª parte foi diferente, começando logo aos 46 minutos quando o árbitro da partida assinalou grande penalidade favorável ao Belenenses. O recém-entrado Keita assumiu a marcação mas não foi capaz de enganar o guardião amorense que conseguiu defender a bola e manter assim a vantagem de 2 golos. Contudo, a equipa de Silas vinha mais motivada e concentrada para o jogo e aos 66 minutos beneficiou de outra grande penalidade. Desta vez quem assumiu a responsabilidade foi o médio Eduardo que enganou o guarda-redes e diminuiu a vantagem do Amora para 2-1. A equipa da casa sentiu o golo e pareceu um pouco abalada de tal maneira que, aos 74 minutos, sofreu mesmo o empate depois de Dramé aparecer sozinho na pequena área na sequência de um canto.

O jogo ficava de novo emocionante com ambas as equipas a tentarem resolver a partida nos 90 minutos. E quando aos 81 minutos o árbitro Luís Godinho assinalou grande penalidade favorável ao Amora, Diogo Tavares assumiu a responsabilidade e levou ao delírio as centenas de adeptos amorenses que estavam no estádio. Nas bancadas celebrava-se a passagem à fase seguinte, mas Licá tinha outros planos e aos 90’ recebeu a bola isolado dentro da área e levou o jogo para prolongamento, marcando o 3º golo da equipa de Belém.

No prolongamento a equipa visitante foi mais forte e a experiência e melhor forma física fez-se notar, conseguindo chegar à vantagem aos 103 minutos por intermédio de Keita que desta maneira fixou o resultado final. A equipa de Litos ainda tentou levar a discussão da eliminatória para as grandes penalidades mas não foi capaz e por aí ficou o sonho da Taça do Amora. Na conferência de imprensa, ambos os treinadores destacaram a grande exibição por parte do Amora, especialmente Silas que afirmou que “cada vez que uma equipa da 1º divisão defronta um adversário do CNS [Campeonato Nacional de Seniores] e não se vê uma grande diferença no jogo, é preciso dar crédito a essas equipas”. Já Litos explicou a tristeza que se sentia no balneário por parte dos seus jogadores mas destacou a grande partida que a sua equipa tinha feito e agradeceu o enorme apoio que se tinha sentido durante todos os 120 minutos.

O Amora Futebol Clube fica assim pela 3ª Eliminatória da Taça de Portugal “Placard” e no próximo domingo desloca-se aos Açores para defrontar a equipa do SC Angrense, em jogo a contar para a 9ª jornada da Série D do Campeonato de Portugal.

 

Viva o Amora Futebol Clube!

A Direcção de Comunicação – Amora FC

Deixar Resposta